Laparoscopia ginecológica

Conheça sobre este procedimento

A laparoscopia ginecológica é um procedimento cirúrgico moderno e minimamente invasivo, realizado para diagnóstico e tratamento de doenças do trato genital feminino.

Trata-se de um procedimento seguro e de rápida recuperação no qual o médico visualiza os órgãos internos por meio de pequenos cortes (na região do umbigo e virilha) e inserção de uma ótica conectada a uma câmera que processa as imagens de todo o abdome. A laparoscopia está indicada para tratamento vários tipos de doenças ginecológicas, tais como, endometriose, cisto ovariano, mioma uterino, gestação ectópica, doenças inflamatórias, câncer ginecológico, dentre outros.

Ainda no mesmo dia da realização da laparoscopia ou no dia seguinte, conforme a avaliação do médico ginecologista, a paciente já pode receber alta hospitalar. Os pequenos cortes pelos quais são passados os equipamentos cirúrgicos cicatrizam em poucos dias e devem ser cuidadosamente limpos e cobertos para evitar qualquer infecção das feridas.

O pós-operatório apresenta poucos sintomas. Geralmente, são mais relacionados ao gás usado durante a realização da laparoscopia para inflar o abdômen. Ele pode causar certo desconforto nos ombros, peito e abdômen, dando uma sensação de náuseas. Os sintomas normalmente desaparecem em poucos dias e, a partir disso, é possível retornar às atividades normais, mediante liberação do médico.

Portanto, é fundamental conhecer do que se trata a laparoscopia ginecológica e reconhecer a sua importância para tratar as doenças que envolvem o aparelho reprodutor feminino, sendo um procedimento menos invasivo e de recuperação mais rápida, com boas taxas de resolutividade.